28 janeiro 2006

Mozart e Maria Antonieta

Das muitas histórias que se pode contar do jovem Mozart, esse prodígio que aprendeu a ler música antes de aprender a ler tout court, uma das minhas preferidas tem a ver com Antónia, a filha da imperatriz Maria Teresa e futura raínha de França sob o nome Maria Antonieta.
O jovem Mozart teve, em 1762, a oportunidade de tocar perante as majestades, em Viena. Após um recital de cerca de três horas, que repartiu com a sua irmã, o jovem Wolfgang escorregou e caíu. Antónia ajudou-o a levantar-se e deu-lhe um beijo; Mozart, reconhecido, disse-lhe: «é muito gentil, quero casar consigo». Tinham ambos 6 anos de idade.

3 Comments:

Blogger Paulo Cunha Porto said...

Já se sabe que era um ccasamento impossível. Mas mesmo tendo presente que ele não era um marido pacato, talvez tivessem sido mais felizes.

28 janeiro, 2006 23:29  
Blogger Miguel said...

Consta também que certo dia, Mozart foi contratado por um nobre para ensinar a sua filha a tocar piano. Esse nobre tinha muitos cães em casa que rapidamente envolveram Mozart. O nobre disse:
"Não se preocupe, eu trato-os como se eles fossem meus filhos." Ao que Mozart retorquiu: "Ai sim? Então qual deles é que quer que tenha aulas comigo?"

29 janeiro, 2006 01:35  
Blogger AA said...

=)

30 janeiro, 2006 09:58  

Enviar um comentário

<< Home