30 dezembro 2005

Dois pesos, duas medidas

Quando o presidente do Irão, Mahmoud Ahmadinejad, declara que os judeus deveriam abandonar a Palestina, instalando-se na Alemanha e na Áustria, por terem sido estes os países que mais os perseguiram (e fazendo os mesmos permanente acto de contrição), a comunidade internacional manifesta a sua indignação. Quando um ministro israelita, dito ultra, declarou que os palestinos já têm um estado, a Jordânia, ninguém comentou...

5 Comments:

Anonymous http://ecurioso.blogs.sapo.pt/ said...

Vamos lá a ver e a aclarar ideias; a criatura não disse propriamente que os judeus deveriam abandonar a Palestina. Ele disse e passo a citar “Israel deveria ser riscado do mapa” nega a perseguição aos judeus feita pelos nazis, nega ainda a existência dos campos de extermínio. E por isso não sugere que os judeus vão para a Áustria e a Alemanha mas sim para a Europa que defende a existência do holocausto.
Um canalha é sempre canalha tenha a cor de pele ou a religião que tiver. E este presidente é um canalha da melhor estripe. E além disso, já não sei que quer a paz sempre que existe intenção de promove-la lá vem um extremista palestiniano e aborta a intenção.

30 dezembro, 2005 17:27  
Anonymous http://ecurioso.blogs.sapo.pt/ said...

Que saia bem de 2005 entrando em 2006 em grande com um caminho auspicioso até 2007.

30 dezembro, 2005 17:29  
Blogger F. Santos said...

Caro leitor, leia aqui:
http://news.bbc.co.uk/1/hi/world/middle_east/4510922.stm
Votos retribuídos.

30 dezembro, 2005 18:22  
Anonymous http://ecurioso.blogs.sapo.pt/ said...

Aqui calo-me, aqui lhe mando uma cordial saudação.

30 dezembro, 2005 23:30  
Blogger Paulo Cunha Porto said...

Caríssimo:
Um 2006 com tudo do melhor. Não Te metas tanto com a terra dos profetas, ou eles ainda te arranjarão um futuro pouco auspicioso.
Um abração.

31 dezembro, 2005 08:21  

Enviar um comentário

<< Home