22 fevereiro 2006

Descubra as diferenças


(Praça de Tiananmen, 1989.)


(Nablus, Cisjordânia, 21 de Fevereiro de 2006.)

11 Comments:

Blogger Paulo Cunha Porto said...

Já sei: onde num estão veículos de guerra, no outro está um instrumento de paz e de obras.
Abraço.

22 fevereiro, 2006 22:16  
Blogger alex said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

22 fevereiro, 2006 22:25  
Blogger alex said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

22 fevereiro, 2006 22:52  
Blogger F. Santos said...

Se chamas "paz" ao derrube de casas és mais filo-semita do que eu pensava.

23 fevereiro, 2006 09:50  
Blogger O Restaurador said...

O formato da fotografia? Uma na horizontal e outra na vertical?

Abraço!

23 fevereiro, 2006 11:54  
Blogger alex said...

Se o Paulo é 'filo-semita' isso quer dizer que também é 'amigo' dos árabes....e dos palestinianos.

23 fevereiro, 2006 12:30  
Anonymous Anónimo said...

Ou é da minha vista ou o Buiça tinha escrevinhado aí qualquer coisa!!?

Legionário

23 fevereiro, 2006 12:30  
Blogger Mais Notas Soltas said...

À luz da psicose anti-semita, todos os tanques são iguais, não há democracias que não sejam dominadas por judeus e o Hamas é um grupo coral que faz actuações grátis para recolher fundos destinados à implantação de zonas ajardinadas na Cisjordânia e na Faixa de Gaza

23 fevereiro, 2006 21:01  
Blogger Paulo Cunha Porto said...

Demolições de casas dos terroristas, não é?

23 fevereiro, 2006 22:55  
Blogger F. Santos said...

Curioso conceito de Direito o que admites ser razoável ser empregue pelo ocupante.

23 fevereiro, 2006 23:25  
Blogger Paulo Cunha Porto said...

Direito de represália, antiquíssimo e estabelecido; muito menos injusto do que na forma tradicional, de sortear elementos da população para serem fuzilados. Aqui, só os bens dos autores dos atentados são destruídos.
Ab.

24 fevereiro, 2006 09:27  

Enviar um comentário

<< Home